Sugestões de Leitura

A ideia de que não lemos porque não temos tempo, não podia ser mais errada. Não lemos porque não escolhemos os livros certos.



 

Sempre gostei de ler, mas durante parte da minha vida tive mais preguiça do que vontade. Quem nunca, verdade? Há um ano, conheci uma rapariga no Instagram (sim, as redes sociais também servem para partilhar cenas fixes!) que dava algumas dicas de livros e fazia a sua critíca, de uma forma leve, descontraída e sem pretensões. Trocamos algumas ideias, ela emprestou-me vários livros e, desde aí, não mais parei. Li 19 livros em 2020 e vou para o terceiro em 2021. 

A ideia de que não lemos porque não temos tempo, não podia ser mais errada. Não lemos porque não escolhemos os livros certos. Deixo-vos aqui uma lista de livros que me fizeram ficar acordada até de madrugada, que me ensinaram e me abriram tantos horizontes, que me fizeram sorrir, chorar e questionar. Uma lista de livros bons que, para quem ainda não leu, está cheio de sorte!

Eu sou como a Sofia, não há aqui nenhuma pretensão de ser critica literária. É apensas uma partilha dos livros que mais gostei e que espero que também gostem!
 

1 "Ambas as mãos Sobre o Corpo" - Maria Teresa Horta (Poesia)

"Silêncio na Era do Ruído" - Erling Kagge (O que vemos nas estrelas depende de quem somos)

"Uma Gaiola de Ouro" - Camila Läckberg

"7 minutos depois da meia Noite" - Patrick Ness 

"Apneia" - Tânia Ganho

6 "Rouxinol" - Kristin Hannah (No amor descobrimos quem queremos ser. Na guerra descobrimos quem somos)

"Pátria" - Fernando Aramburo (Duas fami´lias, duas mulheres de pulso forte, um marido assassinado, diferentes convicc¸o~es poli´ticas, terrorismo e personagens de uma complexidade psicolo´gica extraordinária. A ETA, o nacionalismo dos bascos e o abandono da luta armada.)

"Ensaio sobre a Cegueira" - José Saramago (O 1º livro que li do Saramago. Li-o em 2 dias "“Não tenhamos pressa, mas não percamos tempo.”)

"Macbeth" - Shakespeare (Aconteça o que acontecer, o tempo e as horas sempre chegam ao fim, mesmo do dia mais duro dentre todos os dias)

10 "As mensageiras da Esperança" - Jojo Moyes (Inspirado na história real da Pack Horse Library.)

11 "Uma Educação" -  Tara Westover (Foi o primeiro livro de 2021 e já sei, mesmo antes de ler os muitos que vêm a seguir, que foi o melhor do ano.)?