Era o que Faltava

Temporada 3

2021-10-06

Ruben Rua

“Entristece-me, até acho redutora essa definição de: ‘ah é giro e tem um corpo simpático!’”.

No arranque de mais um Era o Que Faltava, Ruben Rua falou sobre a forma como é, muitas vezes, definido pelo público, apesar de ter “tentado evitar” falar sobre esse assunto: “Às vezes entristece-me, até acho redutora essa definição de: “ah é giro e tem um corpo simpático. Tenho tido alguma paciência, porque acho que exige isso, para que as coisas assumam o lugar que tu consideras ser o lugar mais justo”.

Ainda assim o apresentador reconhece que “durante muito tempo” colocou-se “a jeito”: “não podes evitar falar de abdominais quando durante muito tempo colocaste muitas fotos altamente exposto”.

Já passou por modelo, ator e agora dedica-se à apresentação em televisão. “Eu sou muito contra aquelas pessoas que quando tu dizes qualquer coisa, dizem logo que isso não vai dar e que não vou lá chegar. É assim, alguém tem de chegar lá, alguém tem de o ganhar, porque é que não posso ser eu? Porque é que só pode ser o Manel ou o Joaquim ou o António e não pode ser o Ruben? Pode ser o Ruben, se eu tiver capacidades, pode ser o Ruben! Agora eu vou trabalhar para chegar lá”. O apresentador diz ainda que “cabe-nos é ter o bom senso de perceber o que queremos fazer”.

Nesta conversa intimista, conduzida pelo João Paulo Sousa e a Ana Martins, a vida amorosa do apresentador não ficou de fora. Ruben Rua é conhecido por ser “o rapaz que quer controlar tudo”, mas no amor “é um desgraçado! Fazem dele um chinelo!”. Ainda assim o que o modelo procura é “a melhor companhia para viver em liberdade, acho que é isso”.