Era o que Faltava

Temporada 3

2021-10-21

Bárbara Bandeira

“Quando desces daquele pedestal em que um palco te põe e vais lavar a loiça, sentes imenso a insegurança a bater”

Bárbara Bandeira é artista há muitos anos, mas foi recentemente que começou a escrever canções. No Era o Que Faltava, a cantora falou sobre “a Bárbara Compositora” e explicou o processo: “Só consigo escrever quando já não cabe no meu corpo, sabes? Quando eu já estou a explodir de coisas para dizer e às tantas acontece de eu ter de transformar aquilo em música. Preciso de verbalizar, sinto um alívio enorme. Há tantos problemas da minha vida que se desproblematizaram quando passaram para uma canção. Olha, o Onde Vais é um bom exemplo disso”.

Apesar da fama que rapidamente ganhou, Bárbara Bandeira não deixa que a que isso a domine: “Eu faço aquilo que eu gosto, mas eu não tenho a certeza absoluta de que sou a maior, de que sou incrível naquilo que faço, não tenho”. Ao invés, a artista conta com os seus seguidores e fãs para reconhecerem o trabalho que faz: “A aprovação eu busco na opinião das pessoas e na validação que as pessoas me têm dado nestes últimos 3 ou 4 anos. A partir do momento que ficas sem isso, e quando és uma pessoa insegura, quando tens 20 anos começas-te a questionar e a tentar entender se tu és assim tão boa”.

Ao explorar mais a temática da insegurança, Bárbara Bandeira afirmou: “Vivo muito intensamente o alto e o baixo e depois isso cria situações de insegurança, de incerteza... quando desce a adrenalina e tu desces daquele pedestal em que um palco te põe e vais lavar a loiça, sentes imenso a insegurança a bater. É horrível”.