Era o que Faltava

Temporada 3

2021-09-30

Fernando Pimenta

“‘Olha para mim, vai em frente!’, aquilo marcou-me muito, até me estou a arrepiar outra vez”.

Há frases que fazem parte da vida de campeões e Fernando Pimenta falou de uma delas no Era o Que Faltava. Antes de ir para os Jogos Olímpicos ouviu essa frase de uma pessoa muito especial, o Comendador Rui Nabeiro. “Olha para mim, vai em frente!”. Aquilo marcou-me muito. Eu antes da final dos Jogos Olímpicos lembrei-me disso, até me estou a arrepiar outra vez, lembrei-me das palavras dele do “vai em frente!”.

Ao falar da preparação física para as competições, Fernando Pimenta contou ao João Paulo Sousa e à Ana Martins que costuma “ir treinar a uma barragem em Ponte da Barca”. É nesses momentos, “solitários”, que Fernando Pimenta se sente calmo: “Poder parar ali uns segundinhos só para sentir aquela energia, não há nada que consiga pagar esse momento. É terapêutico não temos que estar a ouvir ninguém a dizer: “faz isto, faz aquilo, devias ter isto, devias ter aquilo”, não há nada disso”.

Os momentos zen são uma prioridade para o canoísta, mas o foco também: “Se eu me desligar daquilo que eu tenho a fazer, e já perdi algumas competições à custa disso, de me focar nos meus adversários e de fazer quase a estratégia deles, isso vai-me deitar abaixo. Ao invés, o atleta acredita que “se tivermos completamente focados como eu estive agora neste mundial em que eu senti: ok, consigo controlar a máquina toda.