Era o que Faltava

Temporada 3

2021-09-24

Fernando Alvim

“Se eu fosse primeiro-ministro acabava com os bifinhos com cogumelos!”

Entrou na rádio aos 13 anos, como “moço de recados” e a rádio nunca mais o deixou! Para esta conversa voltou à Sampaio e Pina, para conversar com o João Paulo Sousa e Ana Martins. Fernando Alvim contou histórias, falou sobre a enorme paixão que teve pela Vanda Miranda, sobre a vida amorosa online, como desmontou a pose de um professor catedrático e até o que faria se fosse primeiro-ministro: “Faria uma conferência e dizia: ‘Muito boa tarde, obrigado por me terem elegido, estou muito feliz. Bom, as primeiras resoluções são: Será totalmente proibido, a partir de hoje, o uso da palavra top. A segunda é: acabou o prato bifinhos com cogumelos em todos os restaurantes!’”.

O radialista que é contra bifinhos com cogumelos falou também do amor. Para Alvim, o amor é “prioritário” e consiste em que “eu olhe para aquela pessoa de uma forma única e que não veja mais nenhuma outra”. E explica: “Há um filme brasileiro que se chama “Todas as mulheres do mundo”. O título pode ser enganoso, mas a verdade é que a dada altura o personagem principal diz: ‘Difícil não é saber que é aquela, eu sei que é aquela. Difícil é esquecer todas as outras!’”.

Mas o que é que acontece quando é a vez de ser Fernando Alvim a entrevistar? No Era o Que Faltava, Alvim contou um episódio com um professor: “Era assim uma pessoa absolutamente catedrática, que tinha ganho todos os prémios que vocês imaginarem. Antes de entrar em estúdio ele estava com uma senhora, já com uma idade considerável. Já na entrevista, “faço-lhe assim uma apresentação como tu fizeste, assim uma coisa pomposa, que ganhou todos os prémios e ele com uma cara tipo “sim senhor”. Mas depois eu disse: “Mas a verdade é que ele trouxe a mamã!”, quando eu disse isso ele ficou tipo “Isto é o quê?! Fica a saber que eu já fui também atleta no Benfica!”