NO AR:

Era o que Faltava

Temporada 2

2021-03-03

Tiago R. Santos

Um mês depois do 11 de setembro foi viver para Nova Iorque, comprou o guião do Pulp Fiction por 1 euro na rua enquanto servia às mesas e descobriu o que queria fazer: escrever guiões. “Call Girl”, “A Bela e o Paparazzo”, “Liberdade 21”, “Conta-me como Foi”, “Filhos do Rock”, “Os Gatos Não Têm Vertigens”, “Leão Da Estrela”, “Parque Mayer” e agora, na RTP, a deliciosa série que ajudou a escrever, “Até que a vida nos separe”. Também já escreveu um livro, “A Velocidade dos Objectos Metálicos”, e já foi pai. Hoje, no Era o Que Faltava, o argumentista, escritor e crítico de cinema, Tiago R. Santos.