Era o que Faltava

Temporada 2

2021-06-01

Bruno Nogueira (com Exclusivo Online)

Durante muito tempo não quis falar sobre o “Como é que o bicho mexe”

Vimo-lo a primeira vez no Curto Circuito ou em stand up comedy. Aos 26 anos teve o primeiro programa em horário nobre na RTP - Os Contemporâneos, o primeiro de vários exercícios de criatividade em estado puro. Pelo meio, houve quem não acreditasse que Bruno Nogueira era capaz de papéis dramáticos, mas fê-los, e bem, no teatro.

Antes da pandemia, foi o primeiro humorista a solo a encher um Altice Arena. Depois veio o Bicho e os lives de Instagram que salvaram almas perdidas e, recentemente, a explosão máxima de liberdade com a série “Princípio, Meio e Fim”.

Bruno Nogueira conta que “durante muito tempo eu disse que não queria falar sobre o bicho porque havia ali um lado em mim que não achava honesto estar a promover-me”. A primeira vaga dos diretos mais famosos do Instagram acabou no fim do primeiro confinamento, em maio de 2020, mas o humorista decidiu voltar a fazê-los regularmente em janeiro de 2021 quando o país voltou a fechar.

Neste regresso, houve uma coisa que o “magoou um bocadinho”. Recebeu algumas mensagens de pessoas que não entenderam o conceito do bicho que diziam: “Devias ter parado no primeiro porque aquilo acabou em alta”. Para o humorista, não voltar aos diretos no segundo confinamento, é equivalente à Cruz Vermelha dizer: “pessoal, nós acabámos tão bem com aquelas zaragatoas, porque é que agora vamos fazer a segunda vaga?”. Este pensamento não fazia sentido, porque, apesar de os diretos terem sido um fenómeno, “não estava ao abrigo de uma estratégia profissional”.