NO AR:

Era o que Faltava

Temporada 2

2021-04-13

Bagăo Félix (com Exclusivo Online)

 ‘A corrupção combate-se com a sua punição em tempo decente, justiça fora do tempo, é injustiça sempre’

Bagão Félix é economista e professor catedrático e foi ministro e secretário de estado de vários governos nas áreas das Finanças, da Segurança Social, do Trabalho e do Emprego. É um dos fundadores do MAE - Movimento Acção e Ética, que tem como bastião “lutar contra a indiferença cívica e ética”. É apaixonado por botânica, pelo Benfica e pela fé. “Um Dia Haverá” é o título do seu último livro, sobre uma economia mais humanizada e a apreciação da velhice.

O combate à corrupção é um dos temas do momento, e o antigo ministro acredita que “a corrupção se combate com a sua punição em tempo decente, justiça fora do tempo, é injustiça sempre. Com um sistema judicial e com uma lógica procedimental que não se entre em labirintos formais, onde os advogados mais conceituados, mais bem pagos, jogam fugindo das questões materiais”. Acrescenta que “parte da corrupção, resulta de um estado que complica em vez de simplificar”.

Bagão Félix acredita que os idosos têm sido penalizados em afetos por causa das restrições criadas com a pandemia, “há pessoas velhas que estão nos lares, que não puderam receber as suas famílias e os seus amigos para não serem infetados”. Agora, com parte da população idosa vacinada, “também não podem receber estas pessoas amigas e familiares para não infetarem as pessoas de fora”. Bagão Félix diz que muitas vezes, há uma tendência, “vou dizer isto entre muitas aspas, para uma “guetificação” das pessoas mais velhas”.