Ai Destino, Ai Destino

Temporada 1

2020-04-08

Geórgia do Sul com Amy Klink

O que é que leva um economista a atravessar, sozinho, o Atlântico Sul... num barco a remos?

Amyr Klink foi o primeiro a fazê-lo, entre a Namíbia e Salvador da Bahia, em 1984, e desde então tornou-se conhecido pelas suas expedições marítimas: mais de 40 expedições à Antártida, uma circum-navegação da Terra a bordo do veleiro Paratii (viagem que começou, precisamente, da ilha da Geórgia do Sul) e muitas outras viagens registadas em livros como “Cem Dias Entre Céu e Mar”, “Mar Sem Fim”, “Linha D’Água”, também editados em Portugal.

Amyr Klink é também palestrante sobre planeamento, motivação, trabalho em equipa, liderança e empreendedorismo.

Aproveitamos a quarentena para fazer a entrevista via net, diretamente até São Paulo, no Brasil. E já que estamos em quarentena e não podemos sair de casa, também não ficará muito chateado connosco se dissermos que já não é permitido visitar a Geórgia do Sul, o destino que mais marcou Amyr Klink.

Aproveite para beber ensinamentos sobre sobreviver com pouco, lidar com a solidão, sustentabilidade e dar valor ao que realmente importa.

 

3 CURIOSIDADES SOBRE A GEÓRGIA DO SUL

1. Lamentamos, mas já não é possível visitar a Geórgia do Sul, de modo a preservar este santuário da vida marinha. A multa, se quiser ser rebelde, fica perto dos 30 mil euros.

2. A Geórgia do Sul é um arquipélago britânico onde começaram as primeiras estações baleeiras há mais de 100 anos, com uma tecnologia muito avançada.

3. É uma região sub-antártica e tem um trânsito de grandes gelos (vulgo, icebergues). Fica a 850 milhas a leste das ilhas Malvinas.