"Student Keep": novo projeto para ajudar alunos sem acesso a computador e internet

Pode tornar-se um "keeper" e ajudar um aluno a ter acesso a equipamento informático para poder acompanhar as aulas.

Catarina Leite
10 abril 2020, 07:00

Tem um computador em casa, encostado, que já não usa? Talvez possa fazer falta a uma criança para ter acesso ao ensino à distância.

Se puder ou quiser ajudar, pode associar-se ao projeto Student Keep, que nasceu para apoiar os alunos mais carenciados que não têm acesso a computador e/ou internet.

Para contribuir pode registar-se no site do projeto e dar início ao processo para se tornar num “keeper”(padrinho). A ajuda vai chegar aos beneficiários através de entidade públicas, maioritariamente as escolas.

Mário Paulo é voluntário do Student Keep. Explica que o projeto surgiu “devido a um problema de desiguldade no acesso à educação que se tornou muito evidente por causa desta pandemia de Covid-19.

"Como somos pais e temos muitos familiares na área da educação não podíamos ficar apenas a ver”, sublinha.

O projeto “Student Keep" faz parte do movimento #Tech4COVID19, que reúne quase 5 mil voluntários e tem mais de 20 projetos ativos. 

O movimento #Tech4COVID19 atua em várias áreas, como a educação e o apoio a profissionais de saúde.

Neste último caso, é pedido, por exemplo, a proprietários de um hotel ou alojamento local para darem apoio a médicos e enfermeiros deslocalizados.

Para saber mais como pode ajudar nos vários projetos, basta consultar o site do movimento em tech4covid19.org/.