Ovar: situação de calamidade pública condiciona circulação

As entradas e saídas do concelho de Ovar passaram a ser controladas. A GNR está a proceder a ações nas saídas da A29 e EN 109.

Redação
18 março 2020, 10:49

As restrições impostas na sequência da declaração da situação de calamidade pública no concelho de Ovar, distrito de Aveiro, têm implicações na circulação nas vias de acesso e saída do concelho.

De acordo com fontes do Destacamento de Trânsito da GNR de Aveiro e da GNR de São João da Madeira, as saídas da Autoestrada 29 (A29) para Ovar estão encerradas. 

Estão a decorrer ações da GNR nas saídas da Autoestrada que atravessa o município, ou seja, nos ramos de ligação para Ovar Sul; Ovar Norte - Arada; Maceda, Cortegaça e Esmoriz, freguesias do concelho de Ovar. 

Fonte da Ascendi, concessionária da A29, confirmou a interdição no troço Ovar Sul - Esmoriz nos Nós de saída para o concelho de Ovar e adiantou ainda, que apesar da sinalização existente neste locais alguns automobilistas tentaram, esta manhã, contornar o bloqueio. Informação confirmada pela GNR, que está também a controlar as entradas / saídas da Estrada Nacional 109 (EN 109), nos extremos Norte e Sul da via, que tal como a A29, atravessa o concelho de Ovar. 

Apenas os profissionais de saúde, de socorro e das forças de segurança, assim como os funcionários das áreas fundamentais que permanecem em funcionamento, como supermercados e postos de abastecimento de combustível, podem entrar ou sair do município.

A declaração de situação de calamidade pública impõe um conjunto de restrições a atividades económicas e à circulação de pessoas.