Estudantes universitários de Lisboa exigem mais segurança

Alunos reúnem-se esta tarde, na Cidade Universitária, numa iniciativa chamada ?Iluminar o Campus?.

14 de janeiro de 2020 às 12:15Estudantes universitários de Lisboa exigem mais segurança

Os recentes casos de violência e assaltos, junto à Cidade Universitária, em Lisboa levaram os alunos a criar o “Movimento Campus Seguro”.

A iniciativa visa alertar para o clima de insegurança no local e exigir às autoridades um reforço das medidas de segurança.

Hoje, terça-feira, a tarde será de protesto simbólico, a partir das 18h30, na Alameda da Universidade.

Vários alunos reúnem-se para, através da lanterna dos telemóveis, iluminar toda a zona da Cidade Universitária.

Um dos responsáveis pelo protesto, Filipe Gomes, presidente da Associação de Estudantes da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa fala em estudantes que querem fazer parte da solução.

 

 

O mês de janeiro e de fevereiro são conhecidos como época de exames e isso preocupa as associações académicas.

Ao saírem mais tarde das faculdades, devido ao estudo durante a noite, os alunos ficam mais vulneráveis a furtos.

 

 

Para Filipe Gomes uma das soluções essenciais passa pela criação de um plano de iluminação da Cidade Universitária.

 

 

O presidente da Associação de Estudantes da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa refere ainda a necessidade de “mais patrulhamento” e a criação de uma “linha direta” com as autoridades para que os estudantes possam de imediato apresentar queixa em caso de assalto.  

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top