80 pessoas desistiram de doar a medula óssea

Na base de grande parte das desistências estão os mitos sobre o processo de colheita.

12 de setembro de 2019 às 08:5980 pessoas desistiram de doar a medula óssea

80 pessoas recusaram em 2018 doar a medula óssea a doentes em risco de vida. Estavam inscritas no registo nacional de dadores, mas desistiram do processo quando foram chamadas a fazê-lo.

Na base de grande parte das desistências estão os conceitos errados sobre o processo de colheita. Há quem tenha medo de contrair doenças durante a colheita e quem tenha receio da dor e do cansaço

Mas Susana Roncon, do IPO do Porto, garante que "doar não tem risco e os doentes saem pelo próprio pé"

 

 

O IPO do Porto vai organizar um evento no próximo dia 21 de setembro para esclarecer os conceitos errados e alertar para a importância da dávida. A iniciativa vai juntar dadores, transplantados e vários especialistas.

Os transplantes de medula óssea são uma opção terapêutica frenquente em linfomas, leucemias e anemias graves.

Em 2018, o Centro Nacional de Dadores de Células de Medula Óssear ativou cerca de 1400 dadores. Mais de 400 ativaçoes foram, entretanto, interrompidas.

 

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top