Produção da Autoeuropa vai ser afetada este mês

A empresa garante que a falta de motores a gasolina nada tem a ver com eventuais boicotes de estivadores alemães.

Autoeuropa
06 de dezembro de 2018 às 14:02Produção da Autoeuropa vai ser afetada este mês

A Autoeuropa garante que a paragem de produção, entre 22 de dezembro e 3 de janeiro, nada tem a ver com os alegados boicotes dos estivadores alemães, uma vez que os motores são transportados para a fábrica por via terrestre.

Fonte da empresa refere que a falta de motores está relacionada com um maior volume de encomendas de motores a gasolina, situação que afeta várias fábricas do grupo Volkswagen e não apenas a fábrica de Palmela.

A produção será, por isso, interrompida no dia 22 de dezembro, depois do turno da manhã, prevendo-se que a laboração normal seja retomada no turno da noite do dia 4 de janeiro.

Na quinta-feira da semana passada a Autoeuropa também foi forçada a fazer uma paragem no turno da noite devido a uma rutura de `stocks´, neste caso devido a atrasos no fornecimento de alguns componentes, que ficaram temporariamente retidos no bloqueio de estradas efetuado pelos denominados "coletes amarelos", que lutam contra o aumento de impostos sobre os combustíveis em França.

Sobre o escoamento de viaturas produzidas na fábrica de Palmela, a empresa diz que o maior problema continua a ser o Porto de Setúbal.

Como alternativa, a Autoeuropa tem usadoos portos de Leixões, Vigo e Santander.

 

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top