Marcelo preocupado com atraso no OE

O Presidente da República teme que o grande número de alterações leve a atrasos na redação final do Orçamento de Estado para 2019.

LUSA / ANTÓNIO COTRIM
17 de novembro de 2018 às 07:03Marcelo preocupado com atraso no OE

O Presidente da República expressou preocupação com o prazo de promulgação do Orçamento do Estado para 2019, afirmando recear que o número de propostas de alteração apresentadas, quase mil, leve a um atraso na redação final. Marcelo Rebelo de Sousa assumiu esta posição no final da 26.ª Cimeira Ibero-Americana, em Antígua, na Guatemala, em resposta aos jornalistas portugueses.

Questionado se não receia que as mais de 900 propostas de alteração apresentadas pelos grupos parlamentares aumentem a pressão eleitoralista sobre o Orçamento do Estado, o chefe de Estado contrapôs: "Para ser sincero, o que eu receio é que haja um atraso na redação final".

O Presidente da República referiu que, "com menos 300 [propostas], a redação final foi complicada no ano passado e quase que chegou ao Natal" e disse esperar que desta vez "não chegue ao Natal". "Mas depende da votação e da aceitação ou rejeição das propostas e, depois, da conciliação em termos de redação", acrescentou, realçando que, "da ótica de quem tem de promulgar, o que preocupa é o prazo de promulgação".

O fim do prazo para a entrega das propostas de alteração, inicialmente apontado para as 19:00, foi sendo sucessivamente adiado, até às 22:00. A votação final global da proposta de Orçamento do Estado para 2019 está agendada para o dia 29 de novembro.


 

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top