Escolas sem dinheiro do Ministério para pagar livros

Escolas queixam-se da falta de transferência das verbas necessárias para pagar às livrarias os manuais gratuitos para alunos do 1º ao 6º ano.

09 de novembro de 2018 às 11:38Escolas sem dinheiro do Ministério para pagar livros

Algumas livrarias ainda não receberam qualquer verba por disponibilizarem os livros do 1º ao 6 º ano de escolaridade e que são totalmente gratuitos para os alunos. 

As livrarias comprometem-se a entregar os livros, recebendo como contrapartida o dinheiro das escolas e que permite assism fazer face às depesas com encomendas e pagamentos a editoras. 

Adianta o Jornal de Notícias que os proprietários das livrarias afetadas pela falta de verbas foram obrigados a realizar empréstimos para não declararem falência. 

Filinto Lima, presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas, diz que o Ministério da Educação deixou de transferir dinheiro para os estabelecimentos escolares. 

 

 

As livrarias "pressionam" as escolas para receber os valores em falta. 

Filinto Lima avisa que o problema pode tornar-se maior com a chegada dos livros gratuitos a toda a escolaridade obrigatória. 

 

 

Com esta realidade, alguns locais podem "colocar em causa" a entrega de manuais escolares face aos atrasos registados este ano.

 

 

 

No próximo ano letivo, os livros serão gratuitos do 1º ao 12º ano. 
 

  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top