Web Summit: ?Startup? inglesa que criou programa para carros autónomos vence concurso

A Wayve espera comercializar o seu programa para autónomos em 2023, estudando esta tecnologia nos próximos dois anos.

WAYVE
08 de novembro de 2018 às 19:19Web Summit: ?Startup? inglesa que criou programa para carros autónomos vence concurso

A ‘startup’ inglesa Wayne, que criou um programa para carros autónomos, venceu hoje o concurso para estas empresas em fase inicial na cimeira de tecnologia Web Summit, em Lisboa, divulgou o júri.

O anúncio foi feito pelo júri do ‘pitch’ (breve apresentação de uma empresa com apenas três a cinco minutos de duração) no palco principal do evento, na Altice Arena, depois da final de hoje, entre três companhias de um total de 168 de 40 países que concorreram.

Para a decisão contou, além do veredicto dos jurados, as votações dos participantes no evento, através da aplicação para telemóvel da Web Summit.

A Wayve é uma empresa de fase inicial criada por jovens da instituição inglesa de ensino superior Cambridge University, que desenvolveram um ‘software’ com inteligência artificial para aplicar em carros autónomos.

A ‘startup’ inglesa espera comercializar o seu programa para autónomos em 2023, estudando esta tecnologia nos próximos dois anos.

“Teremos uma fase de desenvolvimento da condução autónoma segura […], que durará dois a três anos”, portanto isto será uma realidade “em 2023 ou 2024”, disse o cofundador da Wayve, Alex Kendall, falando aos jornalistas depois do anúncio feito pelo júri do ‘pitch’ (breve apresentação de uma empresa com apenas três a cinco minutos de duração).

No twitter também já agradeceu a distinção.

 

 

  • Partilhar

Relacionadas

  • Web Summit: Marcelo faz apelo à paz e liberdade, contra onda de intolerância
    08 de novembro de 2018
    Web Summit: Marcelo faz apelo à paz e liberdade, contra onda de intolerância
  • Web Summit: 70 mil participantes, 159 países e... 363 mil cafés
    08 de novembro de 2018
    Web Summit: 70 mil participantes, 159 países e... 363 mil cafés

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top