Prince ao vivo no Porto/Post/Doc

Festival portuense de cinema conta também com documentários sobre os Pop Dell' Arte e os PAUS.

Prince ao vivo no Porto/Post/Doc
Redação

A estreia nacional da edição restaurada do filme-concerto de Prince, "Sign O' The Times" (relativo a 1987), ocorre no festival Porto/Post/Doc, durante a cerimónia de entrega de prémios, a 2 de Dezembro, no Teatro Municipal Rivoli. O documentário retrata um dos momentos áureos em palco de Prince, onde dá para sentir a sua exuberância e ecletismo enquanto performer, desde guitarrista exímio e cantor explosivo a excelente dançarino, num combinado musical de rock com funk, soul e pop, bem ao seu estilo, exaltado por temas como o tema-título 'Sign O' The Times' ou 'Little Red Corvette'.

 

O programa musical do festival, que decorre de 24 de novembro a 2 de dezembro, inclui alguma da produção cinematográfica recente sobre a música portuguesa, como os documentários sobre a influência histórica dos Pop Dell' Arte, "Ainda Tenho Um Sonho Ou Dois - A História Dos Pop Dell'Arte", e sobre a viagem artística dos PAUS à ilha da Madeira, "Madeira", da autoria de Ernesto Bacalhau, que realizou os videoclipes alusivo ao mais recente álbum do quarteto de rock experimental da Grande Lisboa.

 

Outros dos documentários que passa no Porto/Post/Doc é "Matangi/Maya/M.I.A.", que entra a fundo na vida da polémica rapper M.I.A., incluindo os seus antepassados familiares do Sri Lanka. Vai ser recuperado um filme de 1982 já muito esquecido, "O Chico Fininho", de Sérgio Fernandes, que é a busca no Porto pela personagem da famosa canção de Rui Veloso a que dá nome o filme. "Rudeboy: The Story Of Trojan Records", de Nicolas Jack Davies, é um documentário sobre a mítica editora de reggae Trojan e, no fundo, sobre a integração da comunidade jamaicana em Inglaterra. Mas há mais filmes (curtas ou longas-metragens), ficção ou documentário. São eles:

"Escola do Rock" de Amadeu Pena Silva (de 2018)
"O Espírito de Pucho Boedo", de Lois Patiño (de 2018)
"Ryuichi Sakamoto: Async at the Park Avenue Armory", de Stephen Nomura Schible (de 2018)
"The Velvet Underground Played At My High School", de Tony Jannelli & Robert Pietri (curta-metragem de 2018)