Adição ao Facebook pode causar problemas de saúde

Estudo revela, no entanto, que as redes sociais são mais benéficas do que prejudiciais para a saúde

16 de julho de 2016 às 08:05Adição ao Facebook pode causar problemas de saúde
Halley Pontes, um jovem psicólogo e investigador português, publicou recentemente um estudo sobre os problemas psicológicos causados pela adição ao Facebook. 
O estudo, realizado em Portugal entre Maio e Junho de 2015 e que compreende uma amostra de 547 jovens do segundo e terceiro ciclo do ensino básico, determina que os jovens adictos ao Facebook apresentam níveis de saúde mental e de bem-estar psicológico "preocupantes e significativamente piores" do que os utilizadores normais.
 
No entanto, o investigador esclarece que “de um modo geral as redes sociais online são mais benéficas do que prejudiciais para a saúde das pessoas. O que se verifica é que há uma pequena percentagem desse grupo  que aparenta apresentar esses problemas de cariz aditivo.”

Halley Pontes identifica alguns factores de risco “como o fácil acesso, o anonimato por vezes que as redes sociais permitem e a própria questão da conveniência”. O especialista acrescenta que “hoje em dia as pessoas têm uma facilidade extremamente surpreendente de aceder às redes socais em movimento”.

O investigador aponta como factor chave para a adição às redes socias a preferência das pessoas em socializar online, mas também elementos de carácter individual com origem neurótica e narcisista. 

Os comportamentos de uso e abuso das redes sociais não são reconhecidos pela Organização Mundial de Saúde e pela Associação de Psiquiatria Americana. 

 
  • Partilhar

Caso tenha algum comentário a fazer:

Back to Top