Ouça a Rádio Comercial, faça o download da App.

Cidade chinesa chega aos 53ºC negativos e quebra recorde com mais de 50 anos

Mohe é uma zona fria no inverno, mas não tanto como no passado domingo.

Cidade chinesa chega aos 53ºC negativos e quebra recorde com mais de 50 anosNewsCN
Ruben Mateus

O frio não é apenas uma realidade neste mês de janeiro em Portugal e na Europa e sente-se, também, na China.

No passado domingo, de acordo com a BBC, a cidade chinesa de Mohe registou 53ºC negativos, sendo que o anterior recorde de temperatura baixa neste local remonta a 1969, na altura com 52ºC negativos.

Mohe, ao longo de janeiro, costuma chegar aos 15ºC negativos, mas 2023 tem significado um frio mais intenso.

Na China, a temperatura mais baixa registada remonta a 2009 e na altura na cidade de Genhe que atingiu os 58ºC.