Ouça a Rádio Comercial, faça o download da App.

PSP identifica 39 adeptos do Benfica por distúrbios em Braga após jogo em Guimarães

O incidente "causou alarme e pânico nas pessoas que frequentavam os espaços de lazer" do centro histórico da cidade dos arcebispos.

PSP identifica 39 adeptos do Benfica por distúrbios em Braga após jogo em GuimarãesPolícia de Segurança Pública
Agência Lusa

A Polícia de Segurança Pública (PSP) disse hoje ter identificado 39 adeptos do Sport Lisboa e Benfica (SLB) por distúrbios no centro histórico de Braga, após o jogo em Guimarães, no sábado à noite.

Num comunicado, o Comando Distrital de Braga da PSP disse que, perto das 23h45, foram registadas "deflagrações de engenhos pirotécnicos levadas a efeito por um grupo substancial de jovens vestidos de negro, enquanto entoavam cânticos".

O incidente "causou alarme e pânico nas pessoas que frequentavam os espaços de lazer" do centro histórico da cidade de Braga, referiu o comunicado.

A PSP lançou uma intervenção policial, através de agentes que se encontravam em Braga, "reforçados por outros que se deslocaram de Guimarães".

A operação intercetou o grupo, que foi conduzido às instalações do Comando Distrital da PSP de Braga, onde foram identificados 39 "indivíduos associados ao movimento casual do SLB, maioritariamente residentes na zona de Lisboa".

Na partida, o líder Benfica cedeu os primeiros pontos na edição 2022/23 da I Liga portuguesa de futebol, depois de sete vitórias, ao empatar a zero no reduto do Vitória de Guimarães, em encontro da oitava jornada.

Num jogo com raras oportunidades de golo, os 'encarnados' falharam também aquela que seria a sua 14.ª vitória consecutiva em todas as competições a abrir a temporada.

A formação de Roger Schmidt passa a contar 22 pontos, mais três do que o FC Porto, que ascendeu ao segundo posto, ao vencer por 4-1 na receção ao Sporting de Braga, agora terceiro, também com 19. O Vitória é novo, com 11.