Ouça a Rádio Comercial, faça o download da App.

Infarmed suspende venda de dois lotes do antibiótico Cotrimoxazol Ratiopharm

O Infarmed diz que os doentes que estejam a utilizar medicamentos pertencentes a estes lotes não devem interromper o tratamento e, logo que possível, devem consultar o médico assistente.

Infarmed suspende venda de dois lotes do antibiótico Cotrimoxazol RatiopharmLusa
Redação / Agência Lusa

A autoridade nacional do medicamento (Infarmed) mandou hoje suspender a venda de dois lotes do antibiótico Cotrimoxazol Ratiopharm devido à deteção de resultados fora da especificação durante os estudos de estabilidade.

Em causa estão os lotes W24321C e W24322B do medicamento Cotrimoxazol Ratiopharm (800mg 160 mg, comprimido), com a validade de outubro de 2025, segundo uma circular informativa publicada no site da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde.

Devido à deteção de resultados fora da especificação durante os estudos de estabilidade, a Ratiopharm - Comércio e Indústria de Produtos Farmacêuticos irá proceder à recolha voluntária dos dois lotes.

O Infarmed determinou a suspensão imediata da comercialização do medicamento e apela às entidades que possuam estes lotes de medicamento em "stock" para que não os vendam, dispensem ou administrem, devendo proceder à sua devolução.

"Os doentes que estejam a utilizar medicamentos pertencentes a estes lotes não devem interromper o tratamento" e, logo que possível, devem consultar o médico assistente para que lhes seja prescrito um medicamento alternativo, refere o Infarmed.