Ouça a Rádio Comercial, faça o download da App.

Morreu a menina atropelada durante o Rali da Madeira

Morreu a menina atropelada durante o Rali da MadeiraFB RALI MADEIRA
Agência Lusa

A jovem hoje atropelada durante a última classificativa do Rali Vinho Madeira 2022, na freguesia da Serra de Água, não resistiu aos sofrimentos e acabou por morrer, anunciou a organização da prova em comunicado. 

"A Comissão Organizadora do Rali Vinho da Madeira e Direção de Prova lamentam confirmar que a jovem envolvida no incidente ocorrido durante a PEC 17 Rosário 2, acabou por não resistir aos ferimentos sofridos. Neste doloroso momento endereçamos os nossos sentimentos à família e amigos", lê-se na nota. 

A jovem terá atravessado a estrada a pé e foi colhida pelo carro onde seguia o piloto madeirense Miguel Gouveia.

Segundo a informação divulgada pelo pela organização cerca das 19:00, o acidente ocorreu na Serra de Água, concelho da Ribeira Brava, na zona oeste da ilha, e obrigou à interrupção da classificativa.  

"Os primeiros socorros foram prestados imediatamente por uma equipa da EMIR [equipa médica de intervenção rápida] que estava próxima do local, que após estabilizar a jovem acompanhou a ambulância até ao Hospital Dr. Nélio Mendonça, onde já estava uma equipa alertada e em prontidão", dava conta a organização na altura, desconhecendo ainda o estado clínico da vítima. 

 

Presidente da República lamenta morte

 

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, lamentou a morte da criança.

"Foi com consternação que o Presidente da República teve conhecimento do falecimento precoce da criança, vítima de acidente de viação que ocorreu durante a prova Rali Vinho da Madeira 2022", lê-se numa nota divulgada na página oficial da Presidência da República Portuguesa.

"À família enlutada e amigos, apresenta as suas sentidas condolências, neste penoso momento para toda a comunidade madeirense", conclui a nota.