Ouça a Rádio Comercial nas nossas Apps

Sopa da Pedra de Almeirim recebe estatuto de Especialidade Tradicional Garantida na UE

Nova designação faz já parte do Jornal Oficial da União Europeia.

Sopa da Pedra de Almeirim recebe estatuto de Especialidade Tradicional Garantida na UE
Redação / Agência Lusa

A classificação da Sopa da Pedra de Almeirim como Especialidade Tradicional Garantida foi hoje publicada no Jornal Oficial da União Europeia.

O produto resulta, segundo a publicação, de "um modo de produção, transformação ou composição que corresponde a uma prática tradicional para esse produto ou género alimentício", confecionado em Almeirim, Santarém.

A origem do nome da sopa deve-se, oficialmente, "às suas características físicas, uma vez que se trata de um caldo grosso, castanho-avermelhado e com muitos ingredientes, alguém o comparou às pedras que formam o piso de muitas estradas que, ainda hoje, existem na zona histórica de Almeirim".

No entanto, a sopa da pedra está também ligada à lenda de um monge que mendigou ingredientes para acrescentar a uma pedra com a qual dizia pretender fazer sopa.

Os ingredientes da 'Sopa da Pedra de Almeirim' são feijão catarino, batata, chispe e/ou faceira de porco, toucinho, chouriço, morcela e farinheira, cebola, alho, louro, azeite e/ou banha e coentros.

O prato começou a ser servido ao público em 1960 no restaurante O Toucinho.

O rótulo de Especialidade Tradicional Garantida (ETG) salienta os aspetos mais ligados às tradições, à forma como o produto é fabricado ou à sua composição, sem estar ligado a uma área geográfica específica.

Um produto registado como ETG fica protegido pela UE contra a falsificação e uma utilização indevida.