Ouça a Rádio Comercial nas nossas Apps

Harry Styles e Lykke Li nos lançamentos da semana

Reedição do álbum dos Clash, "Combat Rock", e edição da caixa de Arca dos discos "Kick".

Harry Styles e Lykke Li nos lançamentos da semanaDR

Harry Styles lança hoje o seu terceiro álbum a solo, "Harry's House". O disco é influenciado pelas dores de crescimento e marcado pelo impacto da pandemia. Mas o título "Harry's House" não é tão influenciado pelos confinamentos como possa parecer, mas sim pelo título do álbum de 1973, "Hosono House", do músico japonês Haruomi Hosono - como Styles explica na entrevista que dá a Zane Lowe na Apple Music. 'As It Was' foi o single de apresentação, bateu recordes de streams e até já mereceu uma versão dos Arcade Fire.

 

Quatro anos depois de "So Sad So Sexy", a artista sueca Lykke Li edita o longo de estúdio "Eyeye", o trabalho mais introspetivo de sempre da cantora. O produtor Björn Yttling volta a ser o braço-direito de estúdio de Li, à semelhança do que tinha acontecido nos três primeiros álbuns da cantora.

 

A seguir ao muito elogiado álbum "Every Bad", os ingleses Porridge Radio parecem estar com um bom carregamento para manterem o culto em seu torno, com este terceiro álbum, "Waterslide, Diving Board, Ladder To The Sky", que chega esta sexta-feira ao público. A banda de Brighton vai poder mostrar ao vivo as novas e efervescentes canções no Minho, por duas vezes, no festival Vodafone Paredes de Coura, a 16 de agosto, e no Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães, a 25 de novembro.


 
Os britânicos Everything Everything põem cá fora o seu disco porventura mais eletrónico, "Raw Data Feel", onde o vocalista Jonathan Higgs abdica das suas letras mais politizadas e existencialistas. O que o quarteto de Manchester quer é festa, assim dizem as 14 novas canções alinhadas em "Raw Data Feel".


Saem também neste final da semana os novos álbuns do folk-rocker Grant-Lee Phillips (ex-líder dos Grant Lee Buffalo), "All That You Can Dream", da norte-irlandesa Soak, "If I Never Know You Like This Again", e de Alex Izenberg, "I'm Not Here".

 

Sai hoje a caixa em vinil dos cinco álbuns "Kick" que confirmam a artista venezuelana Arca como uma das figuras proeminentes da eletrónica da atualidade. 

 

É reeditado nesta sexta-feira um dos álbuns mais populares dos Clash, "Combat Rock" (de 1982), nos formatos de duplo CD, triplo vinil e de cassete, com vários brindes extra. Esta reedição é reforçada por "The People's Hall", que se trata de um conjunto de versões diferentes e de inéditos, gravados em 1981, incluindo o célebre single 'This is Radio Clash'. "Combat Rock" é celebrizado por alguns dos temas mais icónicos da banda de Joe Strummer e de Mick Jones como 'Should I Stay or Should I Go', 'Rock the Casbah' ou o mais intimista 'Straight to Hell'.

 

Um dos muitos álbuns preponderantes de John Coltrane, "My Favorite Things" é reeditado no formato de "60th Anniversary Deluxe Edition", e onde se contam alguns dos seus temas mais fortes, como o caso do tema-título. O disco de 1961 faz parte parte de uma vaga de grande inspiração do saxofonista, que só terminou com a sua morte prematura em 1967. O pianista McCoy Tyner, o contrabaixista Steve Davis e o baterista Elvin Jones acompanham Coltrane no disco "My Favorite Things".

 

Outra reedição deluxe do jazz de hoje é do disco "Art Blakey and The Jazz Messengers with Thelonious Monk", que junta dois monstros e líderes de bandas: o baterista Art Blakey e o pianista Thelonious Monk.