Rali de Portugal provoca condicionamentos de trânsito em Coimbra

Alterações começam já este sábado e terminam dia 20 de maio.

Rali de Portugal provoca condicionamentos de trânsito em Coimbrasite rallydeportugal.pt
Redação / Agência Lusa

A realização da superespecial urbana de Coimbra e da cerimónia de partida do Rali de Portugal, agendadas para dia 19, uma quinta-feira, vão provocar diversos condicionamentos no trânsito desde sábado e até dia 20, anunciou hoje a autarquia da cidade.

Em nota de imprensa enviada à agência Lusa, a Câmara Municipal de Coimbra informou que os condicionamentos de trânsito vão obrigar ao corte da circulação em seis ruas e avenidas da zona de Santa Clara, na margem esquerda do Mondego (onde será desenhada a superespecial urbana, primeira prova de classificação do rali), entre as 21h00 de quarta-feira, dia 18, e as 09h00 de dia 20, uma sexta-feira.

O corte da circulação vai afetar a Avenida Inês de Castro "logo a seguir às bombas da Cepsa (lado sul)", Ponte de Santa Clara, Avenida de Conímbriga, Avenida João das Regras e Rua Carlos Alberto Pinto de Abreu, "junto à rotunda de Baden-Powell".

A partir desta rotunda e "até às proximidades do Convento São Francisco", o acesso pela Rua Carlos Alberto Pinto de Abreu será possível apenas para moradores, o mesmo sucedendo na Avenida da Guarda Inglesa.

Só acessíveis a residentes vão estar ainda, naqueles dias, a Rua Volta das Calçadas e Calçada da Rainha Santa Isabel, havendo ainda a registar a inversão do sentido de trânsito na Rua das Parreiras.

No entanto, segundo o comunicado, os condicionamentos de trânsito começam já este sábado, ficando a Avenida de Conímbriga – entre o estádio Universitário e o Rio Mondego – "apenas com circulação no sentido sul-norte" devido a montagens diversas, até às 21h00 de quarta-feira, dia 18, altura em que o trânsito será encerrado.

Ainda no sábado, "também será encerrado ao trânsito o estacionamento da Praça das Cortes e o pequeno arruamento de acesso ao mesmo na Avenida João das Regras".