Queima das Fitas condiciona o trânsito no Porto

Os condicionamentos e alterações de trânsito começam no sábado devido à Monumental Serenata, cerimónia que marca o arranque da Queima das Fitas.

Queima das Fitas condiciona o trânsito no PortoAna Bernardino
Agência Lusa

A Câmara do Porto adiantou hoje que a Queima das Fitas, que entre 01 e 07 de maio decorre em várias artérias da cidade, além do Queimódromo, vai obrigar a vários condicionamentos e alterações de trânsito.

Em comunicado a autarquia esclarece os condicionamentos e alterações de transito começam no sábado devido à Monumental Serenata, cerimónia que marca o arranque da Queima das Fitas.

Entre as 20h00 de sábado e as 04h00 de domingo, está previsto o corte de via no Campo dos Mártires da Pátria (arruamento sul, no troço compreendido entre a Travessa de S. Bento e a Rua de S. Filipe Nery, e arruamento norte.

O estacionamento no Campo dos Mártires da Pátria estará condicionado.

Já na Rua de S. Bento da Vitória, está prevista uma alteração de sentido (passando o sentido a ser sul-norte) e na Rua da Restauração (lado sul entre a rua Doutor Alberto Aires Gouveia e o Campo Mártires da Pátria) a via terá um estreitamento e as paragens da STCP serão relocalizadas.

No domingo, dia 01 de maio, devido à Missa da Bênção das Pastas, vão decorrer alguns condicionamentos entre as 08h00 e as 14h00, como o corte de via no Campo dos Mártires da Pátria e o sentido da Rua de S. Bento da Vitória será também alterado, passando a ser no sentido sul-norte.

Com a passagem do Cortejo, a paragem e o estacionamento estão proibidos entre as 10h00 de dia 03 de maio e a 01h00 de dia 04 de maio na Rua de Camões, na Rua de Gonçalo Cristóvão, na Rua de Alferes Malheiro, na Rua dos Heróis e dos Mártires de Angola, na Praça do General Humberto Delgado, na Avenida dos Aliados, na Rua da Trindade, na Rua de João das Regras, na Rua das Musas e na Rua do Paraíso.

Estes condicionamentos vão também verificar-se na Travessa de S. Brás, na Rua da Regeneração, na Praça da República, na Rua do Dr. Ricardo Jorge, na Rua de Ramalho Ortigão, na Rua de Fernandes Tomás, na Rua do Estêvão, na Rua de Rodrigues Sampaio, na Rua de Guilherme da Costa Carvalho e na Rua de Alexandre Herculano.

Ao mesmo tempo, o transito será proibido na Rua de Camões, Travessa da Senhora da Conceição, Rua dos Heróis e dos Mártires de Angola, Praça da Trindade, Rua do Clube dos Fenianos, Avenida dos Aliados, Praça do General Humberto Delgado, Rua do Dr. António Luis Gomes, Rua da Trindade, Rua de Alferes Malheiro, Rua de Gonçalo Cristóvão, Rua de João das Regras, Travessa da Regeneração, Rua das Musas, Rua do Paraíso, Rua da Regeneração, Praça da República, Rua do Dr. Ricardo Jorge, Rua de Ramalho Ortigão, Rua de Fernandes Tomás, Rua do Estêvão, Rua de Rodrigues Sampaio e na Rua de Guilherme da Costa Carvalho.

Devido ao Cortejo serão estabelecidos ?dois sentidos de trânsito?, com supressão do corredor BUS entre as 12h00 de terça-feira e a 01h00 de quarta-feira na Rua de Antero de Quental (no troço entre o Largo da Lapa e a Travessa de Antero de Quental).

Já no Largo da Lapa, Rua da Lapa e Praça da República serão estabelecidos, no mesmo período, dois sentidos de transito.

Por sua vez, na Rua do Paraíso, Rua do Almada, Rua de José Falcão e na Praça de Guilherme Gomes Fernandes será estabelecido no mesmo horário, um sentido único da via (norte-sul), à semelhança do que acontecerá na Praça de D. Filipa de Lencastre (via de sentido único nascente-poente).