Escolas de Odivelas passam a disponibilizar refeições 'halal' para crentes muçulmanos

Projeto pretende reforçar a integração da comunidade muçulmana.

Escolas de Odivelas passam a disponibilizar refeições 'halal' para crentes muçulmanosPIXABAY
Agência Lusa

As escolas públicas de Odivelas disponibilizam a partir desta sexta-feira almoços com opção ‘halal’ (termo árabe que significa "permitida/autorizada") para os alunos muçulmanos, um projeto que visa reforçar a integração desta comunidade, divulgou o município.

A iniciativa já tinha sido implementada no início deste ano letivo, através de uma parceria da Câmara Municipal de Odivelas (distrito de Lisboa) com o Instituto Halal de Portugal(IHP), nas refeições do pequeno-almoço e do lanche, alargando-se agora ao almoço.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara Municipal de Odivelas, Hugo Martins (PS), sublinhou a importância deste tipo de projetos na integração das várias comunidades, sobretudo em municípios com “uma grande multiculturalidade”.

“É um projeto que visa disponibilizar uma ementa ‘halal’, com o fornecimento de pequenos-almoços, almoço e lanche, a todos os alunos que por razões de crença religiosa não fazem a nossa refeição dita tradicional. Esta diversidade multicultural e multirreligiosa tem de ser respeitada. É uma forma de integrar”, justificou o autarca.

Hugo Martins explicou que até aqui esses alunos eram obrigados a levar o almoço de casa.

“Hoje derrubamos mais uma barreira à integração, criando condições de igualdade também nas nossas escolas, fundada na diversidade. Portanto, terão uma refeição integral que vai ao encontro daquilo que é a sua fé, a sua espiritualidade e a sua crença religiosa”, sublinhou.

Em termos práticos, a refeição de carne ‘halal’ será confecionada por uma empresa externa certificada pelo IHP e entregue em unidoses ultracongeladas prontas a comer.

“Os restantes componentes (sopa, pão, legumes, sobremesa), assim como os pratos de peixe, serão preparados nas cozinhas das escolas, com base nos produtos aprovados pelo IHP”, adiantou, acrescentando que foram ministradas ações de formação às cozinheiras e empregadas dos refeitórios.

A autarquia sinalizou, nesta fase, 120 alunos com opções alimentares ‘halal’, mas esse número, perspetivou o presidente da Câmara Municipal de Odivelas, “poderá vir a aumentar”.

“Temos agora 120 alunos, como referência, mas acreditamos que com esta universalização possam aparecer mais crianças”, apontou.

O concelho de Odivelas possui cerca de 50 templos religiosos, existindo representatividade religiosa de várias comunidades, nomeadamente hindus, testemunhas de Jeová, brama, budistas, sikh, entre outras.