Aprovado projeto que vai ligar as cidades de Aveiro e Águeda

Projeto do Eixo Rodoviário Aveiro - Águeda terá o valor base de 2.332.000 euros e inclui o estudo de impacto ambiental.

Aprovado projeto que vai ligar as cidades de Aveiro e Águeda
Redação / Agência Lusa

As câmaras municipais de Aveiro e Águeda aprovaram esta quinta-feira, por unanimidade, a abertura de concurso público internacional para o projeto de construção do eixo rodoviário que vai ligar as duas cidades.

O procedimento para a elaboração do projeto de execução do Eixo Rodoviário Aveiro - Águeda terá o valor base de 2.332.000 euros e inclui o estudo de impacto ambiental, sendo financiado pelo Plano de Recuperação e Resiliência.

Em 06 de outubro de 2021 foi assinado com a Comissão de Coordenação Regional (CCDRCentro) e a Estrutura de Missão do PRR, o contrato de financiamento a 100% do Eixo Rodoviário Aveiro - Águeda, no valor de 40 milhões de euros.

A nova ligação Aveiro/Águeda, cuja construção é reclamada há décadas, foi objeto de um acordo de colaboração celebrado entre a IP – Infraestruturas de Portugal, o Município de Águeda e o Município de Aveiro.

Atualmente, a circulação entre Águeda e Aveiro é assegurada por três trajetos distintos: através da antiga EN230, que liga Águeda a Aveiro por Travassô, pela EN333 entre Águeda e Oiã e pela EN235 entre Oiã e Aveiro, todos eles saturados.

A nova ligação rodoviária será constituída por duas vias em cada sentido, “preferencialmente com perfil de autoestrada”, sendo o trajeto por Travassô, passando por Eirol, cruzando a A1 e a A17 e terminando na rotunda do Parque de Feiras e Exposições de Aveiro.

Estima-se que a distância entre Águeda e Aveiro percorrida através da via rápida passe a ser de cerca de 14 quilómetros, reduzindo-se em cerca de 40% a extensão do percurso e o tempo de viagem em cerca de 65%, de modo a ser possível viajar entre as duas cidades em cerca de 10 minutos.

A intervenção é um dos investimentos estratégicos que o governo incluiu na proposta do Plano de Recuperação e Resiliência.