Forte sismo no Peru causa pelo menos dois feridos

O sismo com magnitude de 7,5 na escala de Richter foi sentido em grande parte do país.

Forte sismo no Peru causa pelo menos dois feridos
Agência Lusa


Pelo menos duas pessoas ficaram feridas e 75 ficaram desalojadas hoje de madrugada devido ao sismo com magnitude de 7,5 na escala de Richter sentido em grande parte do Peru, anunciou o Centro de Operações de Emergência Nacional (COEN).

O sismo, que ocorreu às 05h52 locais (10h52 em Lisboa), também destruiu pelo menos uma igreja e sete casas, enquanto outros 11 imóveis sofreram danos.

O tremor, sentido na América do Sul, provocou estragos materiais em vários municípios da região da Amazónia, no norte do Peru, próximos do epicentro do sismo, registado a 98 quilómetros a leste da localidade de Santa María de Nieva.

Nesta localidade, a imprensa local reportou o derrube da igreja de Jalca Grande, erigida na época colonial, no distrito de La Jalca, enquanto em várias províncias da Amazónia peruana e nas regiões vizinhas de Loreto e San Martín o fornecimento de eletricidade foi interrompido.

Desde as primeiras horas da manhã, a primeira-ministra, Mirtha Vásquez, encontra-se nas instalações do COEN para seguir de perto a avaliação de danos e os procedimentos de emergência em curso.

Dada a proximidade do epicentro do sismo com o Equador, também se registaram estragos materiais em casas nas regiões equatorianas de Zamora e Loja, com vários imóveis afetados e igualmente uma igreja colapsada.

O sismo teve origem a uma grande profundidade terrestre, 131 quilómetros, o que reduziu o seu poder de destruição à superfície, mas amplificou o alcance da onda sísmica gerada e que foi sentida na capital, Lima.

O Peru está situado no chamado Cinturão do Fogo do Pacífico, onde se regista aproximadamente 85% da atividade sísmica mundial.