Caetano Veloso chama Carminho para cantar o fado no novo disco

'Você-Você' é o nome da canção que junta as duas vozes. "Meu Coco", o novo disco do músico brasileiro, já está disponível.

Caetano Veloso chama Carminho para cantar o fado no novo discoCortesia Warner Music Portugal
Redação

A fadista Carminho é a convidada especial do novo disco do veterano Caetano Veloso. A cantora portuguesa partilha com o músico brasileiro a faixa 'Você-Você'. Segundo conta o comunicado que chegou à redação, o tema é inspirado em Carminho e nas conversas que os dois artistas têm tido sobre a língua portuguesa.

Carminho conta a história do convite para este dueto transatlântico: "Surge numa vinda recente do Caetano Veloso a Portugal, em que ele me convida para ouvir uma canção sobre uma discussão que tivemos os dois acerca da língua portuguesa e sobre as diferenças entre o português falado em Portugal e no Brasil. A forma como os intérpretes, ou como, neste caso, eu e o Caetano vemos a interpretação da língua cantada, varia muitas vezes pelo simples facto de, apesar de termos a mesma língua, sermos resultado da cultura de cada um dos países".

Mas há mais: "Ele inspirou-se e fez esta canção 'Você-Você'. Quando veio a Portugal estivemos juntos e ele convidou-me a ouvir a canção e durante a audição desafiou-me a cantá-la com ele, o que me deixou muito emocionada e feliz. O master do disco já estava fechado, pronto para ir para a fábrica. Passados apenas dois dias o produtor do disco (Lucas Nunes) - um dos produtores, para além do Caetano Veloso - veio do Brasil para Portugal e estávamos em estúdio a gravar a minha parte da canção. Foi uma experiência maravilhosa partilharmos o estúdio e continuarmos esta discussão sobre a língua portuguesa e a forma como cada pessoa a encara no seu país. Apesar de termos uma língua comum, vemo-la de maneiras muito diferentes. Assim surge o 'Você-Você', que fala exatamente desta particularidade, da diferença com que os brasileiros usam a palavra 'você' tratando uma terceira pessoa e os portugueses usam, habitualmente, o 'tu' e como isso influencia toda a forma de tratar o outro e a interpretação de uma canção, neste caso, continua Carminho.

"Em estúdio voltámos a falar muito sobre o tema e foi, uma vez mais, uma aprendizagem sem fim. O Caetano debruça-se profundamente sobre cada um dos assuntos que vai abordando na sua vida e isso não só me inspira como me deixa profundamente agradecida por estar a seu lado. Partilhámos ainda muitas ideias sobre o fado, porque a canção acaba por ser um verdadeiro fado, onde ele abordando a língua portuguesa do Brasil remete à linguagem musical do fado na sua composição e por isso faz uma verdadeira ponte Portugal - Brasil, uma ponte que eu gosto de atravessar, que me faz descobrir sempre novos caminhos, e que tenho a honra de o fazer, desta vez, de mãos dadas com o Caetano Veloso".

A colaboração de Carminho com Caetano Veloso é mais um exemplo da forte presença da fadista no Brasil. Nos últimos anos, Carminho participou com outros grandes artistas como Chico Buarque, Milton Nascimento, Ney Matogrosso, Nana Caymmi, Maria Bethânia, Marisa Monte ou Tribalistas.

"Meu Coco" é como se chama o novo álbum de Caetano Veloso, o primeiro de originais que o músico edita em quase dez anos.