'Que Me Interessa a Mim' é o novo single de Ana Bacalhau

É mais um tema do novo disco da cantora. O álbum chama-se "Além da Curta Imaginação" e sai a 29 de outubro.

Redação

Ana Bacalhau revelou hoje mais um single do disco que está prestes a editar. 'Que Me Interessa a Mim', já disponível em todas as plataformas digitais, é o segundo single do álbum "Além da Curta Imaginação" e segue o rasto de 'Sou Como Sou', a primeira faixa que foi mostrada.

Sobre a nova canção, Ana Bacalhau diz em comunicado: "Eu sou maior do que o meu medo. Eu sei o meu caminho. Lanço-me e na queda acredito que vou chegar bem. Vou chegar melhor. Vou chegar mais alto. Mesmo que ninguém acredite, eu sei que consigo e vou. Principalmente se ninguém acreditar. Aí é que vou mesmo com todas as forças. E venham as nódoas negras, as feridas, as mossas pelas quedas mal amparadas. São medalhas que, no futuro, usarei para contar a história de como eu cheguei ao sítio que era meu. De como eu cheguei ao sítio que era eu".

O disco "Além da Curta Imaginação", que foi gravado entre janeiro e outubro de 2020, "reflete, por isso, a longa e penosa jornada que a pandemia impôs. Há um disco antes da pandemia e outro disco depois da pandemia: o alinhamento espelha isso mesmo, elencando as canções por ordem cronológica de gravação. O título parte do verso da canção 'Tudo de Bom', de Nuno Prata, a última do alinhamento, sendo a frase que encerra o disco", refere o comunicado que chegou à redação. 
 
A cantora acrescenta que "Além da Curta Imaginação" é a viagem necessária para a sua redenção, depois da queda. Criar novos mundos, que possam materializar-se neste. Criar novos mundos, para que as experiências de dor e perda possam ser sublimadas". 
 
O novo álbum chega às lojas no dia 29 de outubro e conta com ilustrações da autoria de Mariana, a Miserável.
 
O concerto de apresentação do disco terá lugar no Cineateatro Capitólio, em Lisboa, no dia 12 de novembro. Os bilhetes estão disponíveis nos locais habituais.

"Além da Curta Imaginação" materializa o regresso de Ana Bacalhau aos discos, depois da estreia a solo - com "Nome Próprio" - em 2017.