NO AR:

Médicos avançam para greve de três dias em novembro

Os sindicatos reclamam mais investimento no Serviço Nacional de Saúde.

DR
Redação

Os sindicatos dos médicos vão avançar para uma greve geral nos dias 22, 23 e 24 de novembro por considerarem "insustentável" a situação do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

O protesto foi anunciado esta quarta-feira depois da Cimeira da Federação Nacional dos Médicos (FNAM) e do Sindicato Independente dos Médicos (SIM).

O secretário-geral do SIM diz que "é o momento de dizer basta" e pedir mais investimento SNS.

O dirigente sindical sublinha que está nas mãos do governo evitar a greve dos médicos.