NO AR:

Global Citizen Live: as imagens

Evento musical contra a fome decorreu nos cinco continentes neste fim-de-semana.

Stefan Jeremiah (Associated Press)
Redação

O megavento de alerta à fome e às alterações climáticas Global Citizen Live decorreu neste fim-de-semana numa série de países dos quatros do mundo, dos Estados Unidos à Coreia do Sul, do Rio de Janeiro a Paris.

O Central Park, em Nova Iorque, foi um dos epicentros do Global Event.

O concerto dos Coldplay contou com várias participações especiais: Billie Eilish e o irmão Finneas em 'Fix You', ou Camila Cabello e o namorado Shawn Mendes em 'Yellow', são alguns dos momentos de colaboração na atuação da banda de Chris Martin no Central Park.

 

 

Billie Eilish foi uma das estrelas maiores no Central Park, tendo conduzido a sua própria atuação, onde deu prioridade ao seu álbum mais recente, "Happier Than Ever".

 

Paul Simon interrompeu a sua reforma e voltou a um local onde foi muito feliz, no Central Park. O cantor nova-iorquino interpretou dois temas: os célebres 'The Boxer' e 'The Sound of Silence'.

 

A veterana da pop Cyndi Lauper levou ao palco do Central Park o clássico 'Girls Just Wanna Have Fun'.

 

Na costa oeste dos Estados Unidos, houve muita ação musical no Greek Theatre, em Los Angeles, com um cartaz também mediático, com Green Day, Migos ou os OneRepublic. O lendário Stevie Wonder também atuou no famoso anfiteatro de Los Angeles, onde chamou a palco H.E.R., para o auxiliar em 'Superstition', a música que abriu o pequeno set e que o cantor aproveitou para uma dedicatória ao recém-falecido baterista dos Rolling Stones, Charlie Watts.

 

O Champ de Mars, em Paris, foi outro pólo aglutinador do Global Event, graças às prestações ao vivo de gente de nomeada como Elton John, Black Eyed Peas, Stormzy ou a local Christine and the Queens. Ed Sheeran também esteve presente na capital francesa. Fiel ao seu estilo, atuou sozinho em palco.

 

Com uma vista panorâmica para Londres, no altíssimo Sky Garden, atuaram os últimos vencedores do Festival da Eurovisão Måneskin, Kylie Minogue ou Rag'n'Bone Man. Com um bom palmarés em eventos humanitários, os Duran Duran também se fizeram notar no Sky Garden.

 

A partir de Seul, os sul-coreanos BTS fizeram as suas habituais coreografias, assinalando o toque asiático a este Global Event, que decorreu também no Mumbai (Índia), em Sidney (Austrália), em Joanesburgo (na África do Sul), no Rio de Janeiro (no Brasil), em Lagos (na Nigéria), entre outros locais à volta do planeta.

O Global Citizen Live foi acompanhado em todo o mundo via streaming.