NO AR:

Puigdemont está tranquilo, diz advogado

Antigo presidente da Catalunha foi detido ontem à noite

EPA
Agência Lusa

O advogado de Carles Puigdemont, Gonzalo Boie, disse esta noite que o ex-presidente catalão está "absolutamente tranquilo" após ser detido pelas autoridades italianas, porque confia nas "garantias de direito da União".
Puigdemont está tranquilo, diz advogado de ex-presidente da Catalunha

Em declarações à TV3, o advogado disse que falou várias vezes esta noite com Carles Puigdemont e constatou que o ex-presidente, detido à chegada à Sardenha, na Itália, não está preocupado com a situação.

O advogado explicou que hoje, sexta-feira, se espera que o ex-presidente da Catalunha seja levado a tribunal.

Gonzalo Boie defendeu que Carles Puigdemont foi vítima de uma "detenção policial por ordem fraudulenta".

Carles Puigdemont foi detido na quinta-feira na Sardenha na sequência de um mandado de captura europeu emitido pelo Supremo Tribunal pelo crime de sedição que nunca deixou de estar vigente, segundo fontes ouvidas pela Efe.

O mandato de captura europeu pelo qual foi detido foi emitido pelo juiz de instrução Pablo Llarena, a 14 de outubro de 2019, quando o Supremo Tribunal condenou por sedição os líderes do processo de soberania catalã que foram levados à justiça.

Nesse dia o juiz reativou os mandados de captura contra Carles Puigdemont e o resto das pessoas que fugiram para o estrangeiro e, desde então, não foram desativados, disseram as fontes consultadas pela EFE.

O presidente do governo da Catalunha, Pere Aragonès, já condenou energicamente a detenção de Carles Puigdemont.

Dirigentes do PP, Vox e Ciudadanos disseram confiar em que o ex-presidente seja extraditado para Espanha para ser julgado, e que não seja indultado.