NO AR:

Camas anti-sexo nos Jogos Olímpicos já foram 'testadas'

Atleta irlandês já mostrou que, afinal, as camas suportam peso!

twitter - IOC Media
Paulo Rico

A poucos dias do início dos Jogos Olímpicos, e com milhares de atletas a chegaram à Aldeia Olímpica, circularam notícias de que as camas foram, propositadamente, feitas de um material muito leve para impedir o peso de duas pessoas em simultâneo, com o objetivo de evitar o sexo durante a competição.

A possibilidade foi até admitida por algumas pessoas, mas um dos primeiros atletas já fez questão de desmentir a situação!

 

O ginasta irlandês Rhys McClenaghan gravou um vídeo em que decidiu colocar à prova a resistência da cama, provando que o rumor é falso!

 

 

 

Afinal, com o objetivo de serem as Olimpíadas mais ecológicas de sempre, a aparente fragilidade das camas está relacionada com a escolha do material reciclável,  já que será aproveitado depois do evento.