NO AR:

Vacinados com AstraZeneca impedidos de ver concertos de Springsteen na Broadway

Vacina britânica não está aprovada pelo departamento de saúde norte-americano.

Danny Clinch
Redação

Quem quiser ver Bruce Springsteen de volta a um teatro da Broadway (em Nova Iorque) este ano, terá que ter comprovativo de vacinação completa das seguintes marcas: Moderna, Pfizer-BioNTech e Johnson & Johnson. Como a AstraZeneca não está aprovada pela agência federal Food and Drug Administration, que supervisiona os produtos de saúde nos Estados Unidos, a vacinação completa com a referida marca britânica não permite o acesso aos concertos de Bruce Springsteen, que atua no St. James Theatre a partir de 26 de junho, numa série de concertos que termina a 4 de setembro.

Canadianos que tenham o comprovativo de vacinação da AstraZeneca, país onde o produto britânico está aprovado, não poderão ver os concertos de Bruce Springsteen em Nova Iorque.  

A imprensa britânica tem dado destaque a esta restrição, que se deve alargar a outros espetáculos no território dos Estados Unidos.

Bruce Springsteen vaI recuperar o espetáculo autobiográfico "On Broadway", só com o músico em palco e a participação breve da sua esposa, Patti Scialfa.