Vencedor da Eurovisão testa negativo à presença de drogas

Damiano David, vocalista da banda italiana que venceu a Eurovisão no sábado, foi submetido a um teste de despistagem de drogas. O teste deu negativo. Organização da Eurovisão dá o caso como encerrado.

Vencedor da Eurovisão testa negativo à presença de drogas
Redação


Damiano David, o vocalista do grupo Måneskin, que no sábado venceu o Festival da Eurovisão da Canção 2021, testou negativo à presença de drogas no organismo depois de ter sido submetido a testes de despistagem.

A notícia foi avançada esta segunda-feira pela Agência France-Presse e confirmada pela organização da Eurovisão, em comunicado.

O frontman do coletivo italiano foi submetido ao teste depois de ter tido um comportamento assinalado como suspeito durante o evento em Roterdão, nos Países Baixos, comportamento esse que foi captado em imagens durante a transmissão da final do festival. Por se ter inclinado para cima da mesa, especulou-se que Damiano David pudesse estar a consumir cocaína.

"Na sequência de alegações de consumo de drogas na Green Room da grande final do concurso Eurovisão da Canção, no passado sábado, a 22 de maio, a União de Radiodifusão Europeia, tal como foi solicitado pela delegação italiana, conduziu uma investigação minuciosa dos factos, incluindo a verificação de todas as imagens disponíveis", refere a nota da organização. 
 
"Hoje o vocalista principal da banda Måneskin submeteu-se voluntariamente a um teste que deu negativo. Não houve qualquer tipo de consumo de drogas na Green Room, pelo que damos o assunto como encerrado", continua o comunicado.

"Estamos preocupados com o facto de especulações imprecisas, que levaram a uma série de notícias falsas, terem ofuscado o espírito e o resultado do evento, além de terem afetado injustamente a banda. Queremos felicitar, mais uma vez, os Måneskin e desejar-lhes um enorme sucesso. Estamos ansiosos por trabalhar com o nosso membro Rai [cadeia de televisão italiana] na produção de um espetacular Festival Eurovisão da Canção em Itália no próximo ano”, lê-se ainda no comunicado.

Na altura  "o grupo rejeitou veementemente as alegações de uso de drogas". Damiano David ofereceu-se, inclusivamente, para ser submetido a testes de despistagem quando chegasse a Itália. Foi o que aconteceu. Os resultados foram conhecidos hoje.

Na conferência de imprensa, que decorreu no sábado logo depois do evento, Damiano David afirmou perante todos que não consome drogas e que, na altura da situação que levantou polémica, estava a limpar vidros de um copo partido que estava em cima da mesa da comitiva italiana.

Pode ver os vídeos aqui:
 




 

 

A Itália, com a canção 'Zitti e Buoni', interpretada pelos Måneskin, venceu a 65.ª edição do Festival Eurovisão da Canção, tendo Portugal alcançado o 12.º lugar.

Num ano em que o Reino Unido foi o único país que terminou com zero pontos, Portugal, representado pelos The Black Mamba, com o tema 'Love Is On My Side', conquistou 153 pontos.