Euro 2020: a lista dos 26 que vão representar Portugal

Fernando Santos anunciou a lista de convocados para o Europeu que arranca em junho. Pedro Gonçalves é a grande novidade.

PAULO NOVAIS/LUSA
Redação
20 maio 2021, 20:27

Pedro Gonçalves, jogador do Sporting que na quarta-feira confirmou a conquista do título de melhor marcador da Liga, é a grande novidade na convocatória de Fernando Santos para o Europeu, que arranca a 11 de junho e onde Portugal vai defender o título conquistado em França, em 2016, defrontando na fase de grupos Hungria, Alemanha e França.

O selecionador nacional  divulgou a lista ao final do dia desta quinta-feira. 


Convocatória de Portugal:

Guarda-redes: Anthony Lopes (Lyon, Fra), Rui Patrício (Wolverhampton, Ing) e Rui Silva (Granada, Esp),

Defesas: João Cancelo (Manchester City, Ing), Nélson Semedo (Wolverhampton, Ing), José Fonte (Lille, Fra), Pepe (FC Porto), Rúben Dias (Manchester City, Ing), Nuno Mendes (Sporting) e Raphaël Guerreiro (Borussia Dortmund, Ale).

Médios: Danilo Pereira (Paris Saint-Germain, Fra), João Palhinha (Sporting), Rúben Neves (Wolverhampton, Ing), Bruno Fernandes (Manchester United, Ing), Renato Sanches (Lille, Fra), João Moutinho (Wolverhampton, Ing), Sérgio Oliveira (FC Porto), William Carvalho (Betis, Esp) e Pedro Gonçalves (Sporting).

Avançados: André Silva (Eintracht Frankfurt, Ale), Bernardo Silva (Manchester City, Ing), Diogo Jota (Liverpool, Ing), Cristiano Ronaldo (Juventus, Ita), João Félix (Atlético de Madrid, Esp), Rafa (Benfica) e Gonçalo Guedes (Valência, Esp).

 

O médio Pedro Gonçalves, considerado a novidade na lista dos 26 convocados de Portugal para o Euro2020, foi internacional sub-21 em oito ocasiões. Pedro Gonçalves nasceu em 28 de junho de 1998 (22 anos) e fechou na quarta-feira o campeonato luso com 23 golos, depois de um ?hat-trick? ao Marítimo (5-1). Esta é a primeira vez que é chamado à seleção ?AA?.

O avançado Gonçalo Guedes, jogador do Valência que marcou o golo de Portugal na final da Liga das Nações de 2019 (1-0 aos Países Baixos), é também uma ?cara nova? em relação à última lista, para os primeiros três jogos de qualificação para o Mundial2022.

Dessa derradeira convocatória, de 25 jogadores, também estão de regresso Nélson Semedo (Wolverhampton) e William Carvalho (Betis), em desfavor de Cédric (Arsenal) e Domingos Duarte (Granada), sendo que também fica de fora o avançado Pedro Neto (Wolverhampton) que se lesionou com gravidade.

A lista lusa é liderada por Cristiano Ronaldo, que vai cumprir a sua nona fase final, entre Europeus (2004, 2008, 2012 e 2016) e Mundiais (2006, 2010, 2014 e 2018), às quais acrescenta a Taça das Confederações (2017) e a Liga das Nações (2019).

Nos eleitos, constam também os guarda-redes Rui Patrício, Anthony Lopes e Rui Silva, os laterais João Cancelo, Raphaël Guerreiro e Nuno Mendes e os centrais Pepe, Rúben Dias e José Fonte.

Para o meio-campo, Fernando Santos ainda escolheu João Moutinho, Danilo, Rúben Neves, Palhinha, Renato Sanches, Sérgio Oliveira e Bruno Fernandes e, para o ataque, Bernardo Silva, Diogo Jota, João Félix, André Silva e Rafa são as outras opções.

De fora, ficaram nomes que foram importantes para Portugal em anos recentes, nomeadamente João Mário, Nani ou Ricardo Quaresma e o ?herói? Éder, o autor do golo mais importante de Portugal, o que valeu em 2016 a conquista do campeonato da Europa, na final com a França.

A fase final do Euro2020 realiza-se de 11 de junho a 11 de julho, em 11 cidades de 11 países, e Portugal integra o Grupo F, defrontando sucessivamente Hungria (15 de junho, em Budapeste), Alemanha (19, em Munique) e França (23, em Budapeste).