Ariana Grande quer combater o estigma que ainda existe em matéria de saúde mental

Grande partilhou ainda uma série de contactos para quem está a passar por este tipo de problemas.

DJ Booth
Redação
04 maio 2021, 17:36

Ariana Grande usou as redes sociais para focar a questão do estigma que ainda existe em torno da saúde mental. A cantora quer ajudar à normalização das questões relacionadas com este tipo de problemas e pede aos fãs que peçam ajuda caso sintam que precisam de apoio

"Ao fim do estigma em torno da saúde mental e pela normalização dos pedidos de ajuda. A cura para este tipo de problemas não é linear, divertida, rápida ou fácil, mas estamos aqui e temos de nos comprometer para que os tempos que estamos a viver sejam mais saudáveis e pacíficos. É um trabalho árduo, mas acho que somos capazes", escreveu a cantora na conta oficial de Instagram. 

Grande partilhou ainda uma série de contactos para quem está a atravessar por este tipo de problemas. A cantora já admitiu ter sofrido de stress pós-traumático depois dos atentados na Machester Arena, em 2017, que provocaram 22 mortos e 59 feridos. À publicação Vogue, edição britânica, Ariana Grande revelou ter a sensação de medo constante, bem como perturbações de ansiedade. "Não creio que alguma vez vá conseguir falar sobre isto sem chorar", disse na altura a cantora.