Concerto dos Iron Maiden no Estádio Nacional adiado para 2022

Impacto da pandemia da covid-19 continua a paralisar a agenda de música ao vivo.

Amy Harris (Invision/Associated Press)
Agência Lusa
13 abril 2021, 12:31

O concerto que os britânicos Iron Maiden iriam dar em junho deste ano, no Estádio Nacional, em Queijas, no concelho de Oeiras, foi adiado para 31 de julho de 2022, revelou hoje a promotora.

"Lamentamos anunciar que as datas de junho e julho da 'Iron Maiden - Legacy of the Beast Tour 2021' foram adiadas devido à contínua renovação de restrições, impostas pela pandemia da covid-19, aos espetáculos ao vivo e às viagens", afirma a banda em comunicado divulgado pela promotora.

É a segunda vez que o concerto dos Iron Maiden em Portugal é adiado. Esteve inicialmente marcado para 23 de julho de 2020, foi reagendado para 21 de junho de 2021 e é agora calendarizado para 31 de julho de 2022, por causa da pandemia da covid-19.

Segundo a promotora, os bilhetes já adquiridos mantêm-se válidos para a nova data, que contará ainda com a atuação dos Within Temptation e de Airbourne.

O concerto em Portugal faz parte de uma digressão internacional em grandes recintos ou em contexto de festival e que, reagendada, conta com datas em países como Noruega, Suécia, Polónia, Alemanha, França, Holanda e Espanha.

Fundados em meados da década de 1970, os britânicos Iron Maiden têm sido presença recorrente em Portugal, tendo o baixista Steve Harris chegado a ter um bar em Faro durante mais de 20 anos. A banda foi até cabeça de cartaz da edição de 2011 da Concentração de Motos da capital algarvia.

O primeiro disco com Bruce Dickinson na voz, “The Number of the Beast” (1982), projetou-os em definitivo para a linha da frente do género musical, sendo autores de múltiplos clássicos dentro do metal como 'Somewhere in Time' e 'Fear of the Dark'.