João Sousa cai quatro posições para o 107.º lugar do ranking da ATP

O tenista João Sousa continua a ser o melhor português no ranking da ATP. Segue-se Pedro Sousa, no 113.º lugar.

EPA
Redação / Agência Lusa
05 abril 2021, 10:49

Entre os jogadores portugueses, o vimaranense João Sousa, de 32 anos, continua a ser o mais bem colocado na hierarquia mundial, ao figurar esta segunda-feira no 107.º posto.

O número um português acedeu à segunda ronda do Masters 1.000 de Miami, após o triunfo ante o australiano Christopher O'Connell, mas não conseguiu evitar a queda de quatro posições no 'ranking' ATP, no qual Pedro Sousa surge agora na 113.ª posição.

Frederico Silva conseguiu segurar o 174.º lugar, enquanto João Domingues desceu um degrau para o 189.º posto e Gonçalo Oliveira manteve-se na 296.ª posição.

O tenista alemão Alexander Zverev subiu hoje ao sexto lugar do 'ranking' ATP e ultrapassou o suíço Roger Federer, que desceu ao sétimo posto na tabela mundial, cujo melhor português continua a ser João Sousa, agora no 107.º posto.

O 'ranking' ATP continua a ser comandado pelo sérvio Novak Djokovic, líder há 314 semanas, e não apresenta mais nenhuma alteração entre os 10 primeiros, mantendo-se o russo Daniil Medvedev na segunda posição e o espanhol Rafael Nadal a completar o pódio.

Na hierarquia WTA, embora o pódio continue a ser dominado pela australiana Ashleigh Barty, a japonesa Naomi Osaka e a romena Simona Halep, a canadiana Bianca Andreescu, finalista do Masters 1.000 de Miami, ascendeu três posições e ocupa agora o sexto lugar.