Ponte móvel de Leixões fechada durante um mês

Os trabalhos que vão encerrar o trânsito automóvel e pedestre estão previstos até dia 30 de abril.

Redação / Agência Lusa
31 março 2021, 15:03

A ponte móvel de Leixões, em Matosinhos, vai encerrar ao trânsito automóvel e pedestre a partir desta quarta-feira até "previsivelmente" dia 30 de abril, anunciou a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL).

Em comunicado, a APDL explicou que vai encerrar a travessia durante cerca de um mês, para trabalhos de manutenção.

"Durante o período de encerramento, e a fim de se minimizarem os transtornos causados, a APDL assegurará gratuitamente o transporte de peões entre Matosinhos e Leça da Palmeira, sendo o trânsito automóvel direcionado para o viaduto da A28", frisou, na nota de imprensa.

O transporte entre as margens será assegurado por autocarros fretados pela APDL, que vão funcionar durante 24 horas, de 10 em 10 minutos durante o dia (das 7h00 às 22h00) e de 20 em 20 minutos durante a noite (das 22h00 às 7h00), adiantou.

A administração portuária salientou que as paragens situam-se, em Matosinhos, no acesso nascente à ponte móvel (junto à paragem da Maré de Matosinhos) e, em Leça da Palmeira, por baixo da ponte (junto à paragem dos STCP).

Desde a sua inauguração, em julho de 2007, a ponte sofreu quatro avarias, nomeadamente em 2013, 2018, 2019 e 2020 associadas à "gripagem" prematura das rótulas principais de movimentação dos tabuleiros.