Futebolista coloca Ferrari a lavar e fica com carro destruído

Funcionário da empresa de lavagem, literalmente, não teve mãozinhas para o bólide!

Redação
15 janeiro 2021, 13:05

A história tem tanto de cómica quanto de trágica! Aconteceu em Itália com o guarda.redes do Génova, Federico Marchetti.

O futebolista de 37 anos deixou o seu Ferrari 812 Superfast na lavagem automática e acabou com um milionário prejuízo.

Tudo porque, depois da lavagem, o funcionário do estabelecimento, ao ligar o automóvel, não conseguiu controlar os 800 cavalos de potência do motor e acabou por perder o controlo da viatura, provocando um acidente.

O Ferrari, avaliado em mais de 300 mil euros, acabou por bater contra uma vedação e chocou com vários carros que estavam estacionados.

Um carro lavado e, ao mesmo tempo, destruído!