Covid-19: Portugal já administrou 70 mil vacinas contra a covid-19

A campanha de vacinação contra a covid-19 iniciou-se a 27 de dezembro nos hospitais, abrangendo os profissionais de saúde, e já se estende aos lares de idosos.

António Pedro Santos | LUSA
Agência Lusa
08 janeiro 2021, 14:28

Setenta mil pessoas já foram vacinadas contra a covid-19 em Portugal continental, anunciou hoje o Ministério da Saúde, que passa a disponibilizar plataformas em que os portugueses podem acompanhar o processo.

"Até ao momento, já foram administradas 70 mil vacinas em Portugal continental. Este número pode ser consultado, a partir de hoje, nas plataformas online do Ministério da Saúde e do Governo, garantindo transparência em todo o processo de vacinação. Desta forma será possível a qualquer pessoa monitorizar a execução do Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19", refere o Ministério da Saúde em comunicado.

A atualização será semanal e poderá ser consultada nos sites https://www.sns.gov.pt/monitorizacao-do-sns/vacinas-covid-19/, https://covid19.min-saude.pt/ponto-de-situacao-atual-em-portugal/ e https://covid19estamoson.gov.pt/estado-epidemiologico-covid19-portugal/

Em Portugal a campanha de vacinação contra a covid-19 iniciou-se em 27 de dezembro nos hospitais, abrangendo os profissionais de saúde, e já se estende aos lares de idosos.

A primeira fase do plano de vacinação, até final de março, abrange também profissionais das forças armadas, forças de segurança e serviços críticos. 

Nesta fase serão igualmente vacinadas, a partir de fevereiro, pessoas de idade igual ou superior a 50 anos com pelo menos uma das seguintes patologias: insuficiência cardíaca, doença coronária, insuficiência renal ou doença respiratória crónica sob suporte ventilatório e/ou oxigenoterapia de longa duração.

A segunda fase arranca a partir de abril e inclui pessoas de idade igual ou superior a 65 anos e pessoas entre os 50 e os 64 anos de idade, inclusive, com pelo menos uma das seguintes patologias: diabetes, neoplasia maligna ativa, doença renal crónica, insuficiência hepática, hipertensão arterial, obesidade e outras doenças com menor prevalência que poderão ser definidas posteriormente, em função do conhecimento científico.

Na terceira fase será vacinada a restante população, em data a determinar.

As pessoas a vacinar ao longo do ano serão contactadas pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS).

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.899.936 mortos resultantes de mais de 88 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Portugal registou hoje 118 mortos relacionados com a covid-19 e 10.176 novos casos de infeção com o novo coronavírus, os valores diários mais elevados desde o início da pandemia, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).   

Este é o maior aumento diário de mortos e de infeções desde o início da pandemia, em março de 2020, ultrapassando os máximos de 98 óbitos e de 10.027 casos anteriormente registados.O estado de emergência decretado em 09 de novembro para combater a pandemia foi renovado com efeitos desde as 00:00 de 08 de janeiro, até dia 15.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.