Trânsito cortado na Segunda Circular em Lisboa nos próximos dois fins de semana

Vão decorrer obras de requalificação. O corte é no sentido Benfica - Aeroporto.

Agência Lusa
13 novembro 2020, 17:54

O trânsito na Segunda Circular, no sentido Benfica - Aeroporto, em Lisboa, vai estar cortado nos próximos dois fins de semana, entre as 06:00 de sábado e as 06:00 de segunda-feira, para obras de requalificação, anunciou hoje o município.

A Câmara Municipal de Lisboa informou que os trabalhos incluem a reparação das juntas de dilatação no viaduto sobre a Radial de Benfica, no sentido Benfica-Aeroporto, e implicam o “corte total da circulação na Segunda Circular”.

Previstas na fase 2 da requalificação da Segunda Circular, as obras começam na Radial de Benfica e terminam na Estrada do Calhariz de Benfica, durante os dois próximos fins de semana, de 14 a 16 de novembro e 21 a 23 de novembro, entre as 06:00 de sábado e as 06:00 de segunda-feira.

Como desvio de trânsito, a Câmara de Lisboa indicou a Avenida General Correia Barreto (Radial de Benfica), em direção ao IP7 - Itinerário Principal (Eixo Norte-Sul) e, depois, à Segunda Circular, disponibilizando mais informações e desvios de trânsito em www.lisboa.pt/segundacircular.

A requalificação da Segunda Circular representa um investimento municipal de mais de 4,5 milhões de euros (4.592.816 euros), com o objetivo de “melhorar a segurança e as condições de circulação de uma das vias estruturantes mais importantes da cidade”.

De acordo com a Câmara de Lisboa, a fase 1 da intervenção foi no sentido Aeroporto – Benfica, que decorreu de 31 de agosto a 30 de outubro deste ano, e a fase 2 no sentido Benfica – Aeroporto, a partir de 02 de novembro deste ano.

Em 09 de abril deste ano, a Câmara de Lisboa aprovou a adjudicação da repavimentação da Segunda Circular por cerca de 4,5 milhões de euros, anunciando o envio do contrato para o Tribunal de Contas para receber o visto prévio necessário para o início das obras.

Em comunicado, o executivo da capital adiantou que a proposta de adjudicação da obra, que tem um prazo previsto de dez meses, foi aprovada apenas com uma abstenção, da vereadora eleita pelo PSD Teresa Leal Coelho.

A Câmara de Lisboa reiterou ainda que, conforme já tinha sido anunciado, as obras irão decorrer entre as 21:00 e as 06:00, exceto aos fins de semana e durante o mês de agosto, períodos em que os trabalhos serão executados durante 24 horas.

De acordo com o caderno de encargos da obra, a empreitada consiste na "renovação da camada betuminosa superficial do pavimento existente, evitando-se operações mais intrusivas e onerosas, que os projetos futuros para a Segunda Circular desaconselham".

No caderno de encargos estabelece-se ainda que não é admissível o corte total à circulação viária e que, no final de cada dia de trabalho (às 06:00) é reposta a circulação nos dois sentidos, "sem quaisquer obstáculos".

Em dezembro, o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina (PS), justificou a realização da empreitada com "o estado da via", considerando que "não era possível esperar mais".

Segundo o autarca, a empreitada não representará uma mudança face ao que existe hoje, consistindo em obras de manutenção para pavimentação, pinturas e iluminação pública.