Homem de 81 anos faz serenata para esposa à janela do hospital

Impedido de visitá-la devido à pandemia, Stefano Bozzini optou por declarar o seu amor no pátio com o seu acordeão.

Redação
11 novembro 2020, 17:50

Amparada por enfermeiras à janela do hospital de Castel San Giovanni na cidade de Emilia-Romagna, em Itália, Carla Bozzini desfrutou no domingo passado de uma serenata realizada pelo marido, com quem é casa há 47 anos, Stefano Bozzini.

Impedido de entrar no hospital devido a restrições impostas pela pandemia, Bozzini decidiu tocar acordeão para Carla no pátio, à porta da janela onde a esposa está internada. 

Em declarações ao jornal The Guardian, o antigo militar de 81 anos diz que simplesmente fez o que o seu coração mandou.

"Fiz isto pela Carla, para lhe mostrar o quanto a amo e para lhe agradecer por tudo o que me deu," afirmou. "Não a posso visitar e, por isso, fui até ao pátio com o meu acordeão e fiz o que o meu coração mandou."

Carla estava hospitalizada para fazer exames de diagnóstico a um tumor, no dia em que o marido tocou várias músicas incluindo "Spanish Eyes" de Engelbert Humperdinck. 

"Ela estava tão apaixonada por aquela música que eu toco quase sempre que estamos em casa," disse Bozzini ao jornal britânico. "Assim que ouviu a música, ela aproximou-se da janela e eu pude vê-la."

Porém, a esposa de Bozzini não era a única pessoa a desfrutar do momento musical. Também outros doentes e profissionais de saúde colocaram-se à janela para apreciar o momento. 

"Toquei outras [músicas] que toda a gente conhece," contou. "Uma música após outra, não parei. Muitos dos doentes do hospital olhavam pela janela."

Bozzini considera que a música tem valor em tempos conturbados.

"O que se está a passar no mundo agora é tão horrível," afirmou. "Precisamos de música para nos animar."

Entretanto, a mulher de Stefano Bozzini já teve alta hospitalar e encontra-se em casa com o marido.