Mau tempo: Proteção Civil coloca em alerta laranja oito distritos

Lisboa, Santarém, Setúbal, Portalegre, Castelo Branco, Aveiro, Coimbra e Porto são os oito distritos que vão estar em alerta laranja.

Agência Lusa
19 outubro 2020, 16:08

A Proteção Civil anunciou ao início da tarde que vai colocar às 00:00 de terça-feira em estado de alerta especial laranja oito distritos do centro e norte do país devido à chuva “forte e persistente” e ao vento.

Lisboa, Santarém, Setúbal, Portalegre, Castelo Branco, Aveiro, Coimbra e Porto são os oito distritos que vão estar em alerta laranja (o segundo mais grave da escala) entre as 00:00 de terça-feira e as 23:59 de quarta-feira, precisou Alexandre Penha, adjunto de operações da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), em conferência de imprensa.

Atualmente todo o território nacional está em estado de alerta amarelo devido ao mau tempo, mas as condições meteorológicas vão agravar-se a partir do início da tarde de hoje.

No sistema de proteção civil o estado de alerta especial laranja significa que o grau de risco é elevado, sendo expectável uma situação de perigo com condições para a ocorrência de fenómenos invulgares que podem causar danos a pessoas e bens, colocando em causa a sua segurança.

Alexandre Penha alertou também para a possibilidade de inundações, cheias rápidas, principalmente em zonas urbanas, e quedas de ramos de árvores e infraestruturas.

O mesmo responsável disse que é igualmente possível a formação de lençóis de água nas estradas, devendo por isso os condutores terem a “maior cautela na circulação” rodoviária.

O adjunto de operações da Proteção Civil aconselhou a população para que evite zonas de risco de cheias e de inundações, para fazer a manutenção das sarjetas e fixar todos os objetos que possam estar soltos e que possam sofrer o efeito do vento forte.

Segundo a ANEPC, Lisboa, Setúbal, Portalegre e Santarém vão estar com chuva e vento forte entre as 12:00 e as 18:00 de hoje, esta situação vai estender-se e agravar-se, durante a noite e madrugada, nos distritos de Viana do Castelo, Vila Real, Bragança, Porto, Braga e Aveiro.

“Haverá um novo período de maior intensificação ao princípio da tarde e final do dia de terça feira novamente nos distritos de Lisboa, Setúbal, Santarém, Castelo Branco e Portalegre”, afirmou, explicando que, neste momento, o país está em alerta amarelo devido ao risco de vento forte, precipitação e agitação marítima, mas será elevado para laranja em oito distritos nas primeiras horas de terça-feira devido do agravamento do estado do tempo, que se vai prolongar até quarta-feira.

Alexandre Penha esclareceu que, durante este período, será feita uma avaliação da situação, podendo o estado de alerta diminuir ou agravar para vermelho.

O mesmo responsável disse ainda que a ANEPC fez um reforço dos meios disponíveis para socorrer os riscos previstos nestas situações através dos recursos dos corpos dos bombeiros, força especial de Proteção civil e da GNR.

 

Publicado por Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil em Segunda-feira, 19 de outubro de 2020