Os turistas voltam aos museus e os estragos também

Em Itália, homem de 50 anos danificou estátua com 200 anos e já foi identificado pelas autoridades.

Fotografia: Bette Midler no Twitter. A CNN desfocou as caras porque aparentam ser menores de idade
Redação
05 agosto 2020, 12:25

A pandemia de covid-19 obrigou ao encerramento de, entre outros espaços, museus.

Com a reabertura gradual da sociedade, a arte voltou a ser vista por locais e turistas, mas com as devidas regras de segurança e higiene.

Mas isso não invalida que os acidentes aconteçam como em Itália.

Um homem, austríaco, de 50 anos deitou-se junto a uma estátua, com 200 anos de história e danificou-lhe a parte dos dedos dos pés.

 

 

Tudo isto aconteceu no museu “Gypsotecha Antonio Canova” com a estátua a ter como nome “Paolina Borghese Bonaparte como Venus Victrix”.

As autoridades italianas já contactaram o turista, mas não revelam se ele será acusado de algum crime ou se terá de pagar o restauro da estátua.