PR diz que Portugal já apoiou Reino Unido em momentos difíceis

Marcelo Rebelo de Sousa lembrou a história para falar da decisão do Reino Unido sobre os corredores de viagem internacionais.

Redação / Agência Lusa
04 julho 2020, 09:44

O Presidente da República disse ontem à noite, em Almada, que os portugueses já apoiaram o Reino Unido em momentos difíceis, comentando, desta forma, a decisão do Governo britânico de excluir Portugal da lista de países considerados seguros em relação à pandemia de covid-19.

"O Reino Unido é o nosso aliado mais antigo, as nossas relações são de muitos séculos e há uma coisa que toda a gente sabe: que na vida das pessoas, como nos países, ora se está no alto, ora se está em baixo. E quando se está em baixo precisa-se dos outros. Quando se está no alto - ou quando se pensa que se está no alto - às vezes esquecem-se os outros", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa.

"Há sempre uma ocasião - é um problema de esperar -- em que é preciso a ajuda daqueles que, num determinado momento, se pensou que estariam, para sempre, em baixo", acrescentou o Presidente da República antes de assistir à estreia de uma peça de teatro em Almada.

O Presidente da República comentava a exclusão de Portugal da lista de 59 países e territórios considerados seguros pelo Governo britânico, o que significa que os passageiros provenientes de Portugal terão de cumprir os 14 dias de quarentena impostos pelo executivo de Boris Johnson devido à pandemia de covid-19.